Buscar
  • TheSiriusBeauty

Inspiração ✨ Madam C.J Walker: a primeira mulher negra milionária da América

Hoje trouxemos mais uma inspiração de “self made woman”: Sarah Breedlove, mas conhecida como Madam C.J Walker.



Walker nasceu Sarah Breedlove em 23 de dezembro de 1867, em uma plantação de algodão perto de Delta, Louisiana. Seus pais, Owen e Minerva, foram escravizados e recentemente libertados, e Sarah, que era a quinta filha, foi a primeira de sua família a nascer livre.


Minerva morreu em 1874 e Owen faleceu no ano seguinte, ambos por causas desconhecidas, deixando Sarah órfã aos sete anos. Após o falecimento de seus pais, Sarah foi enviada para morar com sua irmã, Louvinia, e seu cunhado.


Os três se mudaram para Vicksburg, Mississippi, em 1877, onde Sarah colheu algodão e provavelmente foi empregada no trabalho doméstico, embora não haja documentação comprovando seu emprego na época.

Madam C. J. Walker (1867-1919) fez fortuna graças à sua linha caseira de produtos para os cabelos para mulheres negras. Ela se inspirou para criar seus produtos para os cabelos após uma experiência com a queda de cabelo, o que levou à criação do “sistema Walker” de cuidados com os cabelos. Seus produtos como Wonderful Hair Grower, Glossine e Vegetable Shampoo começaram a ganhar seguidores leais, mudando sua sorte. ⁠



Em 1908 Walker abriu uma fábrica e uma escola de beleza em Pittsburgh, e em 1910, quando Walker transferiu suas operações comerciais para Indianápolis, a “Madam CJ Walker Manufacturing Company” tornou-se extremamente bem-sucedida, com lucros que eram modernos. dia equivalente a vários milhões de dólares.


Em Indianápolis, a empresa não apenas fabricava cosméticos, mas também treinava esteticistas de vendas. Esses "Agentes Walker" se tornaram bem conhecidos nas comunidades Negras dos Estados Unidos. Por sua vez, eles promoveram a filosofia de "limpeza e beleza" de Walker como um meio de promover o status dos afro-americanos.


Walker, uma inovadora implacável, também tinha olhos para a autopromoção e uma reputação de filantropia. Ela estabeleceu clubes para seus funcionários, incentivando-os a retribuir às suas comunidades e recompensando-os com bônus quando o fizessem.⁠


Uma verdadeira gênia que inspirou até uma série da Netflix: “A Vida e a História de Madam C. J. Walker”. Já assistiram? Vale a pena 💜


Que vocês possam começar o mês de março com energia positiva ✨


Com amor,





3 visualizações0 comentário